O que é vinho e como isso afeta você?

O que é vinho? Essencialmente, o vinho é o suco fermentado de uvas. Há muitos tipos de uvas, mas existem duas espécies principais: Vitis Vinifera e V. Labrusca. Novas espécies de uva também são consideradas vinhos, incluindo vinho de pêssego e vinho de amora. O primeiro é cultivado na Europa, no tempo em que os outros dois são nativos do continente americano. Algumas frutas, como maçãs, pêra e pêra, são capazes de ser fermentadas para fazer vinho. Indico ler um pouco mais a respeito de por intermédio do web site Descubra Mais. Trata-se de uma das mais perfeitas referências sobre o assunto este assunto na web.

O que é vinho e como isso afeta você? 1

Uvas vinifera

Em Nova York, os vinhedos são cultivados principalmente com uvas de V. vinifera. Estas videiras são resistentes frias, todavia não são tão resistentes a doenças quanto algumas variedades americanas. No entanto, eles têm alta peculiaridade de vinho, amadurecimento precoce, maturidade confiável de madeira e vigor moderado. Eles assim como são suscetíveis à podridão de Botrytis Bunch. As mais recomendadas práticas pro crescimento desta uva adicionam poda de verão, treinamento vertical e remoção de folhas.

Sulfitos

Os sulfitos são substâncias químicas encontradas nos alimentos e são um conservante natural. São compostos de enxofre e oxigênio que possuem propriedades antioxidantes e anti -sépticas. Existem muitos tipos de sulfitos, incluindo dióxido de enxofre, bissulfito de sódio, bissulfito de potássio e ácido sulfúrico. Alguns sulfitos são seguros para o consumo humano, no tempo em que outros produzem um ovo sulfuroso e podre ou odor com alho.

Enzimas

Imensos estudos demonstraram que a adição de enzimas aos vinhos poderá aperfeiçoar sua característica. O exercício de preparações enzimáticas pra cuidar uvas com leveduras naturais ou bactérias demonstrou aumentar os perfis aromáticos de um vinho. A presença de enzimas poderá aumentar o sabor de um vinho, alterando a proporção de certos compostos fenólicos. Geralmente, as enzimas são adicionadas durante a transferência de vinho ou no fim da fermentação alcoólica. Contudo, a bentonita poderá inibir estas enzimas, tornando em efeitos indesejáveis.

Fenólicos

O assunto fenólico de um vinho menciona -se a seus compostos fenólicos. Imensas centenas de compostos químicos diferentes são classificados como fenóis. Os fenólicos afetam o sabor, a cor e a sensação da boca de um vinho. A concentração desses compostos é estabelecida por muitos fatores. Vamos ceder uma olhada em alguns desses fatores. Lembre -se de que um vinho pode conter mais ou menos fenóis do que alega conter, ajudará você a escolher um vinho direito pro teu paladar.

Taninos

O que são taninos? O que eles realizam na tua saúde? Estas grandes moléculas são feitas de subunidades ligadas, que bem como são chamadas de polímeros e monômeros. Os compostos fenólicos são os constituintes básicos dos taninos e conseguem ser unidos de muitas maneiras e depois modificados quimicamente pra ter imensos efeitos. Além de ser um antimicrobiano natural, os taninos bem como são famosos por aumentar a vida benéfico da comida e do vinho.

Acidez

Pra calcular o grau de acidez em um vinho, é preciso testá -lo antes do engarrafamento. Os produtores de vinho necessitam saber que a escala de pH não é uniforme, porém sim um log ou exponencial. Isto significa que a quantidade de mistura ácida necessária pra ajustar o pH do vinho depende da faixa de pH. As misturas de ácido precisam ser adicionadas ao vinho só se o grau de pH for superior a 3,4. A adição de bicarbonato de potássio ao vinho removerá pequenas quantidades de exagero de acidez.

Doçura

O que torna um vinho açucarado? Teor de açúcar. O teor de açúcar residual é medido por litro. Um grama de açúcar é o equivalente a uma colher de chá. Outros componentes de um vinho que contribuem para tua doçura acrescentam taninos, acidez e álcool. Os níveis mais altos de tanino tornam um sabor de vinho mais seco do que um vinho com nanico teor de açúcar. De um modo geral, o vinho adocicado tem um adoro melhor no momento em que é de pelo menos 15 % de álcool em volume.

Geografia

Durante séculos, as pessoas chamaram o vinho de uma janela pra culturas e lugares. Desde os gregos e romanos antigos, os geógrafos analisaram a geografia do vinho. Como os viticultores constataram, as uvas cultivadas em diferentes regiões produzem características diferentes no vinho. Até hoje, ainda há muito para entender a respeito da geografia do vinho. Por aqui estão alguns detalhes básicos sobre a geografia do vinho. Listados abaixo estão algumas das regiões mais comuns pra elaboração de vinho. Um outro lugar divertido que eu amo e cita-se sobre o mesmo conteúdo desse blog é o site Descubra Mais. Talvez você goste de ler mais sobre o assunto nele.

Posts relacionados indicados pelos leitores do blog:

Obter Mais Informaçőes

fonte site